Bispos do Paraná vão participar de lives de oração pelas vocações, no mês de agosto

O regional Sul 2 da CNBB vai realizar lives com os bispos paranaenses, em cada semana de agosto, para rezar o terço por cada uma das vocações específicas.

Para muitas pessoas, o mês de agosto é considerado um mês de desgosto, dizem que é o mês do “cachorro louco” e que se casar nesse mês dá azar. Essa crendice popular tem sido enfraquecida na Igreja Católica do Brasil, pois há quase 40 anos, agosto foi instituído pelos bispos como o mês vocacional. Um mês inteiro para refletir, promover ações e rezar por todas vocações, que são como uma variedade de flores que compõe o jardim da Igreja.

Cada semana do mês de agosto é dedicada a uma vocação especifica. Na primeira, as vocações ao ministério ordenado (bispos, padres e diáconos); na segunda, a vocação ao matrimônio, com atenção especial aos pais; na terceira, a vida consagrada religiosa e secular e na quarta, a vocação leiga, com destaque aos catequistas. É um mês para celebrar as vocações que dão vida à Igreja e agradecer a Deus pelo sim fiel e generoso de cada um. Evidenciar essas vocações é também uma forma de testemunho, de regar no coração dos jovens a semente da vocação que Deus já plantou neles.

O Papa Francisco afirmou aos membros da Pastoral Vocacional italiana que “são os nossos testemunhos que atraem os jovens. Testemunhos de sacerdotes bons, de religiosas boas[1]“. E o mês de agosto é um tempo propício e intensivo para isso. Outra atitude, que precede o testemunho, é a oração: “A primeira coisa é rezar, foi isto que Jesus nos disse: ‘rezai pelas vocações’. Eu poderia fazer o maior plano pastoral, a organização mais perfeita, mas sem o fermento da oração será pão ázimo. Não terá força. Rezar é a primeira coisa[2]”, disse o Papa.

Esses dois conselhos do Papa são vividos, intensamente, no mês vocacional. Mas também tem sido vividos nos últimos anos, com a ação evangelizadora “Cada comunidade uma nova vocação”, que nasceu na Igreja do Paraná, em 2017, e se espalhou por todo o Brasil e até o exterior. Oração e testemunho são os dois eixos dessa ação evangelizadora. No primeiro eixo, a proposta é que em todos os encontros de igreja, como missas, celebrações da Palavra, reuniões, encontros e outros, se reze uma dezena do rosário pelas vocações. O segundo eixo consiste na divulgação de testemunhos vocacionais, em vídeo, nas redes sociais. Desde que a ação começou, já foram publicados mais de 150 vídeos de testemunho no site: www.vocações.org

Bispos do Paraná em oração pelas vocações

Neste mês de agosto, em sintonia com a ação evangelizadora “Cada comunidade uma nova vocação” e com toda a Igreja do Brasil, o regional Sul 2 da CNBB programou uma série de ações para as redes sociais, a fim de promover, animar e rezar pelas vocações. Uma dessas ações reunirá os bispos do Paraná em lives no Facebook, para rezar o terço pelas vocações. As lives terão interpretação em Libras.

A cada semana, os bispos de uma das quatro Províncias Eclesiásticas irão rezar na intenção da vocação específica. Quando a proposta foi lançada aos bispos, foi acolhida de imediato e com muita alegria. Confira a programação das lives com os bispos:

As lives serão realizadas na página do Facebook da CNBB Sul 2. Todos são convidados a participar, interagir e rezar com os bispos do Paraná pelas vocações.

Clique aqui e curta a página do Facebook: CNBB Sul 2

(Karina de Carvalho – Assessora de Comunicação)

Fonte: Cnnbs2

Postagem:PASCOM Diocesana