Terço da Esperança e da Solidariedade desta quarta será com monjas carmelitas

O Terço da Esperança e da Solidariedade desta quarta-feira, 15 de julho, estará em sintonia com o dia de Nossa Senhora do Carmo. O momento de comunhão e oração da Igreja no Brasil durante a pandemia do novo coronavírus será conduzido, nesta semana, pelo bispo da diocese de São Luís de Montes Belos (GO), dom Lindomar Rocha Mota, direto do Carmelo da Santíssima Trindade e Imaculada Conceição, em Trindade (GO).

De acordo com a TV Pai Eterno, que produziu a edição desta semana, o Carmelo foi escolhido por ser véspera do dia de Nossa Senhora do Carmo (em 16 de julho) e também para possibilitar a participação das monjas carmelitas neste momento de oração promovido pela Igreja do Brasil. A comunidade monástica é composta por 11 irmãs e 2 postulantes.

“Para a Associação Filhos do Pai Eterno (AFIPE), o Carmelo é um lugar muito especial, pois as irmãs intercedem diariamente pelas intenções que os devotos enviam ao Santuário do Pai Eterno”, afirmou o coordenador nacional da Pastoral da Comunicação (Pascom) e apresentador da TV Pai Eterno, Marcus Tullius.

O Terço da Esperança e da Solidariedade é uma iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) com apoio das emissoras de televisão e rádio de inspiração católica, por meio da Signis Brasil, e tem conectado o país em oração como caminho de superação da pandemia.

Além da transmissão pelas TVs e rádios, é possível acompanhar o terço pelas redes sociais da CNBB:

Facebook

Youtube

Fonte:CNBB

Postagem:PASCOM Diocesana