Papa ordena 19 sacerdotes: “Sejam próximos ao povo de Deus”

“Considerem que exercendo o ministério da doutrina sagrada, vocês serão partícipes da missão de Cristo, o único mestre. Isto não é uma associação cultural, não é um sindicato: vocês serão envolvidos no mistério de Cristo”, disse o Papa na homilia.

Cidade do Vaticano

Neste domingo do Bom Pastor, 56º Dia Mundial de oração pelas vocações, a Diocese de Roma ganhou 19 sacerdotes, ordenados pelo seu bispo, o Papa Francisco, na Basílica de São Pedro.
Concelebraram com o Papa os Cardeais Angelo De Donatis, Vigário de Roma, Santos Abril y Castellò, arcipreste emérito da Basílica de Santa Maria Maior.

Há 15 italianos entre os 19 ordinandos, enquanto os outros quatro são originários da Croácia, Peru, Haiti, e Japão. Oito pertencem à Fraternidade Sacerdotal do Filhos da Cruz; um é membro da Família dos Discípulos; dois provêm do Pontifício Seminário Maior Romano e oito do Colégio Diocesano Redemptoris Mater.

Na ordenação presbiteral, o Papa pronunciou a ‘Homilia ritual’, prevista pelo Pontifical Romano, com alguns acréscimos.

“Considerem que exercendo o ministério da doutrina sagrada, vocês serão partícipes da missão de Cristo, o único mestre. Isto não é uma associação cultural, não é um sindicato: vocês serão envolvidos no mistério de Cristo”.

E ainda improvisando, recomendou:

“Nunca se pode fazer uma homilia, uma pregação sem muita oração, com a Bíblia na mão. Não se esqueçam disto!”, disse, convidando os novos sacerdotes a serem “homens de oração, homens de sacrifício”.

Aqui, a reportagem completa:

O Pontífice pediu aos novos sacerdotes principalmente ‘proximidade’, explicando:

“Sejam próximos de Deus na oração, próximos ao bispo, que é o seu pai, próximos no sacerdócio como irmãos, sem ‘acotovelar-se’ um contra o outro; próximos ao povo de Deus, tendo sempre diante dos olhos o exemplo de Cristo, o bom pastor que não veio para ser servido, mas para servir”

“Estejam atentos na celebração da Eucaristia; reconheçam e reflitam sobre o que celebrarem, porque participando ao mistério da morte e da ressurreição do Senhor vocês levam a morte de Cristo em seus membros e caminham com ele em unidade de vida”.

“O Senhor quis salvar-nos gratuitamente; Ele mesmo nos disse: ‘Deem gratuitamente aquilo que receberam gratuitamente’. A celebração da Eucaristia é o ápice da gratuidade do Senhor. Não a sujem com interesses mesquinhos”.

O Papa alertou ainda: “Não se cansem de ser misericordiosos, tal como o Pai, tal como Jesus foi misericordioso com vocês”; “Gastem tempo visitando os doentes, tentem agradar a Deus e não a si mesmos; a alegria sacerdotal se encontra exclusivamente seguindo este caminho: tentando agradar a Deus”.

Confira o Vídeo Integral da Missa.
 

Fonte:Vatican News

Postagem:PASCOM Diocesana