As mídias sociais do Vatican News e o Sínodo sobre os jovens

Os dados foram divulgados esta sexta-feira: a idade média dos usuários que participaram ativamente de conversas nas redes sociais está entre os 18 e 34 anos: também o surgimento de hashtags relacionadas como #PrayForSynod, #CaminarJuntos, #ConectadosNoSinodo, #PastoralJuvenil, #RejuvenateTheChurch, # NosVemosEnPanamà, o que atesta a participação juvenil espontânea e sentida.

Cidade do Vaticano

Foram divulgados nesta sexta-feira, 26, alguns dados relativos ao Sínodo dos Bispos sobre os Jovens, especialmente no que tange às mídias sociais.

240 Padres Sinodais participaram das Congregações Gerais dedicadas à discussão das três partes do Instrumentum laboris. 32 auditores participaram durante as Congregações das três partes do Instrumentum laboris. Durante os trabalhos houve 69 pronunciamentos de padres sinodais e 13 de auditores.

Desde 1º de outubro de 2018, dia da coletiva de imprensa de apresentação do Sínodo, Vatican News e Radio Vaticana Itália colocaram seus canais de mídias sociais a serviço da comunicação do Sínodo sobre os Jovens.

O Sínodo foi contado no Twitter com mais de 1400 tweets marcados com a hashtag oficial #Synod2018, em 6 idiomas. Em particular, os briefings diários foram divulgados através da hashtag #Synod2018Live com cerca de 15 tweets por dia para cada uma das 4 contas envolvidas no Vatican News: inglês, espanhol, francês e italiano.

Nas páginas do Facebook de Vatican News, os conteúdos do Sínodo atingiram 10 milhões de pessoas com comentários, imagens, vídeos, Lives. A narração do evento com imagens pelo Instagram teve mais de 650 mil visualizações.

A hashtag oficial #Synod2018

De maneira mais geral, os usuários do Twitter e do Instagram compartilharam por meio da hashtag oficial #Synod2018 mais de 100 mil tweets e imagens, gerando mais de 350 mil interações.

O conteúdo mais popular de todo o período foi o tweet do Papa Francisco dedicado ao Sínodo, que em 24 de outubro, alcançou (através das nove contas multilínguas@Pontifex) mais de 50 milhões de pessoas.

O Sínodo na Web, um evento global

Para além da hashtag oficial, cerca de 500 mil conteúdos diferentes sobre o Sínodo foram compartilhados nas redes sociais (posts, artigos, imagens e vídeos). América e Europa foram os continentes mais envolvidos, mas também houve valores significativos em países como a Rússia e a China.

A participação dos jovens nas redes sociais

A idade média dos usuários que participaram ativamente de conversas nas redes sociais está entre os 18 e 34 anos: também o surgimento de hashtags relacionadas como #PrayForSynod, #CaminarJuntos, #ConectadosNoSinodo, #PastoralJuvenil, #RejuvenateTheChurch, # NosVemosEnPanamà, o que atesta a participação juvenil espontânea e sentida.

Twitter @Synod2018, em outubro de 2018

306 Tweet  (275,9%), com 1,17 milhões de visualizações (509,7%) ,  28.100 visitas no perfil  (718,6%),  5.159 menções (638,5%) e 2.619 Novos seguidores.

Página facebook Synod2018 (nos últimos 28 dias)

Cobertura de 1.887.911 (590%),   7818 novas curtidas (553%),  359.201 interações com os post (951%),  660.790 visualizações totais dos vídeos (809%)

L’Osservatore Romano

L’Osservatore Romano seguiu diariamente o Sínodo dos Bispos, oferecendo informações pontuais do debate na Sala e uma ampla documentação do trabalho realizado pelos Padres.

De cada uma das 19 Congregações Gerais realizadas até quarta-feira, 24 de outubro, o jornal – presente com seus enviados aos trabalhos – publicou uma crônica detalhada com o resumo do conteúdo das intervenções. O mesmo foi feito com as celebrações (em particular a da canonização de Paulo VI, do arcebispo Romero e outros cinco beatos, realizada no domingo dia 14 na Praça de São Pedro), os encontros e outros eventos que marcaram o caminho do Sínodo.

Ademais, o órgão de comunicação da Santa Sé relatou integralmente os dois extensos relatórios que abriram os trabalhos (o do Secretário Geral e do Relator Geral) e todos os textos papais pronunciados por ocasião do Sínodo: da homilia da Missa de abertura, na quarta-feira, 3 de outubro, até o encontro sobre a relação entre jovens e idosos realizado na terça-feira 23 no Augustinianum.

A ser destacada, em particular, a publicação em italiano dos textos completos de todos os 42 relatórios (14 para cada uma das três partes Instrumentum laboris) apresentados na Sala por Círculos Menores durante o andamento dos trabalhos.

No total, nas 20 edições divulgadas até hoje entre 4 e 26 de outubro, 51 páginas do jornal foram dedicadas ao Sínodo.

Fonte:Vatican News

Postagem:PASCOM Diocesana:Coord:Rosangela da Graça Martinski