Congresso de Teologia sobre o Laicato promovido pelo Seminário Divino Mestre

Os seminários diocesanos de Jacarezinho, como proposta acadêmica promovem por esses dias, dia 8 a 10 de maio, no Salão Geral de Conferências, do Seminário Divino Mestre um Congresso Teológico.
O Congresso de Teologia promovido pela diretoria de estudos, que tem como coordenador Padre Dimas de Macedo Filho, tem como tema “Teologia do Laicato” e lema: “Cristãos Leigos e Leigas, sujeitos na ‘Igreja em Saída’, a serviço do Reino de Deus. Sendo o Congresso uma iniciativa do curso de Teologia da Diocese de Jacarezinho, tem por desejo promover a reflexão de que todos os leigos e leigas são protagonistas e sujeitos eclesiais tendo vários rostos que o compõem como família, trabalhadores e, lembrando dos vocacionados, que enquanto leigos e leigas, são convidados a discernirem sua vocação para o serviço eclesial na Igreja e na sociedade.

Durante a terça-feira, à noite, ocorreu à abertura do evento com a fala do palestrante que está dirigido o Congresso Teológico, Sr. Laudelino Augusto dos Santos Azevedo, do Setor da Comissão para o Laicato da CNBB, que participou da Comissão que elaborou o Documento 105, da CNBB, “Cristãos leigos, Sal da Terra Luz do Mundo”, aprovado na 54ª Assembleia Geral Ordinária da Conferência dos Bispos do Brasil.

Ainda na terça teve como marco cultural uma cantata promovida pelo Coral ‘Dom Geraldo’, da Catedral Diocesana.

Os seminaristas contribuirão, a iniciar quarta-feira, com o evento na produção de artigos temáticos com enfoque no tema proposto pelo Congresso de Teologia durante a tarde de quarta e quinta.

O Congresso tem como participantes, padres, leigos e leigas da Diocese de Jacarezinho e de Ourinhos.
Conte-nos um pouco de sua história Sr. Laudelino: Sou Laudelino Augusto dos Santos Azevedo, nascido aos 13/09/1954, em Caxambu. Em 1973, vim para Itajubá estudar. Entrei no Ensino de Engenharia Elétrica na então EFEI e passei para o Curso de Matemática na FAFI – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Itajubá. Sou professor de matemática e Ensino Religioso. Sempre militei em pastorais sociais e, como professor, participei da criação do Sind-Ute, sendo da diretoria da sub-sede de Itajubá por vários mandatos. E em alguns momentos de minha trajetória participei no cenário político como candidato a um serviço político para a promoção do bem comum.
O assessor do Setor Leigo da Comissão da CNBB, Laudelino Augusto dos Santos Azevedo, foi um dos conferencistas da Assembleia. Ele falou da importância do Tema Central, “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade: Sal da terra e luz do mundo”; e de como este texto, poderá auxiliar as paróquias, comunidade e dioceses.O documento 105, serve de norte para aqueles que se empenham em seguir os caminhos assinalados pela Igreja, desperta para a importância da atuação dos leigos na comunidade eclesial e na sociedade, ao mesmo tempo que enfatiza sua capacidade de serem agentes de transformação. Ouça o diálogo com o palestrante em áudio logo abaixo.

Entrevista por Caio Murilo de Souza, seminarista do terceiro ano de Teologia, do Seminário Divino Mestre, da Diocese de Jacarezinho

Fonte e Fotos:Seminarista Caio Murilo de Souza

Postagem:Rosangela da Graça Martinski/Coord PASCOM Diocesana Jacarezinho